jornalista1

Polícia prende agente penitenciária e 3 homens suspeitos de venderem ilegalmente terrenos

De acordo com o delegado Sinval Barroso, do DRCO, agente penitenciária é mulher de um detento, que está cumprindo pena na cadeia e fornecia informações sobre a atuação da organização para ele

 

Manaus – A Polícia Civil informou, na tarde desta quinta-feira (6), a prisão da agente penitenciária Ana Paula Marques Menezes, 25; Marcelo Almeida de Araújo, 51, conhecido como ‘Maraca’; Rafael Ellan Souza da Silva, 22, e do taxista Rogério Ananias dos Santos, 39. O grupo foi preso em cumprimento a mandados de prisão preventiva por tráfico de drogas e extorsão. De acordo com o delegado Sinval Barroso, do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), a prisão do bando ocorreu em desdobramento à operação “Cidade das Trevas”, deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) no dia 14 de maio deste ano, quando nove pessoas foram presas por envolvimento na venda ilegal de terrenos e formação de milícia, nas invasões Cidade das Luzes e Buritizal, localizadas, respectivamente, no bairro Tarumã, zona oeste da capital, e Nova Cidade, zona norte de Manaus.

De acordo com Barroso, os quatro presos deram continuidade à comercialização ilegal de terra, após as prisões dos comparsas. Segundo o delegado, a prisão de Ana Paula, ocorreu, na manhã de quarta-feira (5), durante as investigações para prender demais envolvidos no esquema criminoso.

O delegado afirmou que a mulher foi presa durante o expediente de trabalho dela, em uma prisão na capital. “Ressalto que a infratora é esposa de um detento, que está cumprindo pena na cadeia e fornecia informações sobre a atuação da organização para ele”, afirmou o titular do DRCO.

Barroso acrescentou que, na tarde de quarta, por volta das 14h, foram presos Marcelo, Rafael e Rogério, nas respectivas casas deles, todas no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul da cidade. A ordem judicial de prisão foi expedida no dia 7 de maio deste ano, pelo juiz de Direito Jean Carlos Pimentel dos Santos, da Comarca de Manaus.

Indiciamento

O quarteto foi indiciado por tráfico de drogas, extorsão e organização criminosa. Os homens serão levados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM). Já Ana Paula será levada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF).

Fonte: d24am

Comentar

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto     safestore1      CONTASABERTAS  universidadedotransito   acervo        kennya6      alexandrejose    codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web