JORNALISTAMINI

Quadrilha presa levaria meia tonelada de cocaína para a Europa em blocos de mármore do ES

Três pessoas foram presas no Espírito Santo, uma no Rio de Janeiro e outras duas no Rio Grande do Sul, incluindo o chefe da quadrilha

 cocainameiatoneladaUma quadrilha que exportava blocos de mármore ‘recheados’ de cocaína para a Europa foi desarticulada na manhã desta segunda-feira (25). No total, foi apreendida meia tonelada de entorpecentes que seriam enviados para o continente. A ação faz parte da Operação Blockbuster 2. 

Três pessoas foram presas no Espírito Santo, uma no Rio de Janeiro e outras duas no Rio Grande do Sul, incluindo o chefe da quadrilha, que movimentava toda a carga do Espírito Santo. Na maioria dos casos o material ia para o porto de Santos, em São Paulo, antes de ser transportado para a Europa. 

Outros três blocos de mármore ainda faltam ser detonados para confirmar se há mais drogas que poderiam ser enviadas para a Europa. 

Outros três blocos de mármore ainda faltam ser detonados para confirmar se há mais drogas que poderiam ser enviadas para a Europa. 

Transporte constante

Antes das apreensões do ano passado, a mesma quadrilha transportou para a Europa 200 blocos de mármore em 56 viagens. Segundo as investigações da Polícia Federal, a quadrilha teria evitado o transporte após as duas apreensões. em 2016. 

No mês de abril deste ano, os criminosos voltaram a atuar, mas estavam sendo monitorados pela Polícia Federal e a quadrilha acabou desarticulada nesta segunda-feira (25). 

As prisões no Espírito Santo aconteceram em Cachoeiro de Itapemirim, em um galpão. Quatro pedras foram encontradas prontas para exportação, mas até o momento uma foi detonada, onde foi encontrada a droga. 

Segundo as investigações, os criminosos até transportavam ármore para a Europa de forma regular, para camuflar o trabalho criminoso que era feito. Algumas negociações eram realizadas com empresas do exterior, para fazer parecer uma empresa de transporte de pedras. 

Além dos seis mandados de prisão preventiva, foram realizados 14 mandados de busca e apreensão e bloqueados bens. No Espírito Santo, a operação contou com cerca de 35 policiais. 

Outra quadrilha descoberta

Em abril deste ano, 123 quilos foram encontrados dentro de um bloco de granito de 30 toneladas, que também seguiria para a Europa por uma outra quadrilha. 

Na ocasião quatro mexicanos, que se mudaram para o Estado, estavam envolvidos. Um deles foi preso quando tentava embarcar no Aeroporto de Vitória e outros três já tinham viajado de volta. 

De acordo com a Polícia Federal, os mexicanos mudaram para o Espírito Santo entrando como turistas há cerca de quatro anos. 

A polícia desconfiou porque eles começaram a investir no setor de rochas, comprando blocos de pedras, equipamentos e alugando um galpão na Grande Vitória, onde os policiais encontraram a droga escondida dentro da pedra. 

O Espírito Santo é o maior exportador de rochas ornamentais do país. Os blocos de pedras vão para os Estados Unidos, para a China e para a Europa, onde são usados na construção civil. 

Fonte  G1

Comentar

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web