JORNALISTAMINI

Vídeo mostra prisão de traficantes durante operação policial

d1011Na manhã desta quarta-feira (08), a polícia civil de São João Batista deflagrou a operação denominada “Leão do Norte”, visando dar cumprimento a sete mandatos de prisão e sete de busca e apreensão no município de São João Batista e Iguarassu, no estado de Pernambuco.

O inquérito policial foi instaurado a princípio, para a investigação de tráfico de drogas em São João Batista, praticado por Cláudio Alves da Silva Filho, conhecido na região como “Cabritinho”. Passados cinco meses em que o traficante estava sendo monitorado, a polícia descobriu que Cláudio estava sendo auxiliado por sua companheira, Suelen de Matos, pelo seu irmão Clayton Alves da Silva e seu amigo Manoel Albino da Silva, o “Nel”.

As investigações apuraram que Cláudio, usava de um meio engenhoso para comercializar as drogas, conhecido como “Disk Droga”. O usuário acionava o traficante através de um telefonema e o mesmo ia então ao seu encontro fazendo a entrega da droga, pondo fim as chamadas “bocas de fumo”.

Suelen e Manoel (Nel), auxiliavam Cláudio no atendimento aos usuários. Já o irmão Clayton, mesmo estando preso na cidade pernambucana de Igarassu, continuava a participar da comercialização das drogas no município batistense. Ele viabilizava por exemplo, a aproximação com novos fornecedores de drogas.

Clayton se encontra preso em virtude de condenação por inúmeros crimes de roubo e dois homicídios (um deles praticado em São João Batista no ano de 2012, que vitimou o morador da cidade conhecido como Badasso).

Ainda através das investigações, a polícia apurou que mais três pessoas se associaram ao bando de Cláudio sendo eles, Maicon da Conceição e Gisele da Luz Lemmes (Gi) e o terceiro indivíduo, que ficava responsável em auxiliar nas entregas das drogas, ainda se encontra foragido e por esse motivo não teve sua identidade revelada.

Maicon exercia dentro da organização criminosa, a função de “promotor de vendas”, ficando responsável em conseguir o maior número possível de usuários de drogas.

Gisele, garota de programa da cidade, adquiria a droga com o grupo e revendia para seus clientes. A investigada ainda utilizava seu atendimento para conjugar o comércio de drogas com o exercício da prostituição. Para isso criava uma espécie de “pacote de serviço” onde que a requisitasse tinha a opção de incluir o consumo da substância ao programa contratado, não tendo o trabalho de ir até uma “boca de fumo” da cidade.

As investigações também levaram a polícia a descobrir que os traficantes Cláudio e Manoel também foram os responsáveis pelo crime de roubo ocorrido no centro de eventos de São João Batista, no dia 3 de julho deste ano. O crime vitimou 9 pessoas e causou grande comoção na cidade.

Os irmãos Clayton e Cláudio, também conhecidos como “os pernambucanos”, representam uma ramificação de uma das organizações criminosa que atuam em Santa Catarina e em outros estados do país.

Manoel Albino da Silva é também foragido da justiça de Pernambuco há 7 anos por dois crimes de homicídio e um de roubo. Cláudio e Gisele já ostentam condenação anteriores pelo crime de tráfico de droga.

Por ocasião da busca foi encontrado um revólver calibre 38 e várias munições. Diego de Mattos, conhecido como Fanzinho, proprietário da arma, também foi preso.

A operação contou com apoio de policiais civis da delegacia de Governador Celso Ramos, divisão de investigação criminal (DIC), serviço de investigação criminal (SIC) e delegacia de proteção à criança, ao adolescente, à mulher e ao idoso (DPCAMI) de Brusque.

Fonte: vipsocia

Comentar

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web