juarezjornalista

Receita Federal e PF apreendem mais de 40 quilos de cocaína no Porto do Rio

Droga estava em um contêiner e seria levada para a Europa. Logomarcas usadas levam PF a suspeitar que droga tenha sido enviada por cartéis do tráfico de países latino-americanos.

vd0108A Receita Federal e a Polícia Federal apreenderam neste sábado (28) mais de 43,4 quilos de cocaína no Porto do Rio. A droga estava dentro de um contêiner e seria levada de navio para a Europa, segundo informações obtidas com exclusividade pela TV Globo.

Cães farejadores auxiliaram na apreensão. Parte da droga tinha logomarcas nas embalagens, indicando a ligação com cartéis do tráfico de drogas da América Latina.

  “Ainda não temos essa confirmação, mas é provável que esse carregamento tenha saído da Colômbia, sim. Os cartéis latinos passaram a usar marcas famosas para se diferenciarem. Usam marcas de bebidas, lanchonetes e até grifes famosas”, explica o delegado Carlos Eduardo Thomé, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da PF do Rio de Janeiro.

Segundo a PF, o navio com a droga faria escala em Salvador, na França (Le Havre) e na Bélgica (Antuérpia). De acordo com a investigação, cada quilo da cocaína é comprado por US$ 1 mil (cerca de R$ 3,71 mil) na fronteira e chega à Europa por US$ 40 mil (R$ 148 mil). 

Quase 2 toneladas apreendidas em 2018

Segundo a Polícia Federal, quase 2 toneladas de cocaína já foram apreendidas no Porto do Rio de Janeiro em 2018.

Na semana passada, houve uma apreensão na Baía de Guanabara, com apoio da Marinha. Foram achados 33 quilos de cocaína em um barco pesqueiro utilizado para traficantes de drogas. Três pessoas foram presas em flagrante.

A droga estava em 12 bolsas, que seriam içadas e colocadas no interior de um contêiner no navio com destino à Europa. 

André Luis Gusmão de Almeida participou da nona edição do programa e morreu em 2011, com um tiro na nuca, na chácara onde morava com a família, em Alumínio. Caso foi relatado como 'sem autoria'.
Para presidente do Tribunal Superior Eleitoral, há uma 'inelegibilidade chapada' na eventual candidatura do ex-presidente, atualmente preso em Curitiba.
Informação foi confirmada pelo próprio coronel da Brigada Militar.
Veículo atropelou e matou quatro mulheres na terça-feira (31), em ponto de ônibus na Linha Verde. PM lamenta acidente e diz acreditar que foi fatalidade.
Com previsão para começar a funcionar em 2015, projeto que permite ao passageiro receber informações em tempo real sobre os horários e itinerários dos ônibus não foi implantado.
 
Fonte:G1

Comentar

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web