juarezjornalista

Após transportar 315kg de cocaína em picape, investigador da PC-AM é exonerado do cargo

vd0209Manaus/AM - Karl Marx de Araújo Gomes, foi exonerado do cargo de Investigador da Polícia Civil do Amazonas. A informação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), na última sexta-feira (24). Karl foi preso pela Polícia Federal em fevereiro de 2014, junto com o empresário Josekson da Silva, quando atravessava a Ponte Rio Negro (Manaus- Iranduba) com 315 quilos de cocaína escondidos na carroceria de uma picape L200 Triton. O policial civil atuava como chefe de polícia, em Tonantins.

O Estado considerou na decisão que pela culpabilidade do servidor, em lesão da prática de ato lesivo à imagem da instituição ou da função que exerça, com dano efetivo, bem como pelo cometimento de falta que caracterize crime que, por sua natureza e conguração, seja considerado hediondo ou infamante, de modo a incompatibilizá-lo para o exercício da função. Com isso, o Estado decidiu demitir o policial civil Karl Marx de Araújo Gomes, que ocupava o cargo de investigador de polícia, 4ª classe, do quadro permanente da Polícia Civil do Amazonas nos termos do artigo 11, da Lei n.º 3.278, de 21 de julho de 2008.

Fonte: portalholanda

Comentar

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web