juarezjornalista

PRF apreende crack avaliado em R$ 5 milhões

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem que transportava 62,7 kg de crack na noite desta quinta-feira (23) em Ubiratã, no Centro-Oeste do Paraná. A droga estava escondida em um compartimento oculto, dentro do painel de instrumentos do veículo, um automóvel Fiat Idea.

A abordagem foi realizada na BR-369. Aos policiais rodoviários federais, o preso, de 24 anos de idade, disse que levaria a droga até Maringá, Norte do estado. A pena prevista para o crime de tráfico de drogas varia de cinco a 15 anos de reclusão.

Divulgação/PRF
Divulgação/PRF



Com um grama de crack, as quadrilhas de traficantes produzem, em média, entre quatro e seis pedras da droga para revenda ao consumidor final. Os 62,7 quilos apreendidos pela PRF poderiam resultar, portanto, em 250 mil a 370 mil pedras de crack no mercado, o que movimentaria até R$ 5 milhões.

A PRF encaminhou a droga, o preso e o carro para a Delegacia da Polícia Civil em Ubiratã.

Fonte: http://www.bonde.com.br/

Traficante do Paraguai é morto em emboscada na fronteira com Brasil

Jorge Rafaat, conhecido como o “Rei da Fronteira", foi acusado por tráfico de drogas pela Justiça brasileira.

Um dos maiores traficantes na fronteira com o Paraguai foi executado na quarta-feira (15) no meio de guerra quadrilhas. Em Ponta Porã , Mato Grosso do Sul, os tanques foram para rua, tem toque de recolher e a cidade ficou deserta. A emboscada foi em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia.

Os atiradores usaram uma metralhadora antiaérea, calibre .50, para atingir o carro do traficante Jorge Rafaat, condenado por tráfico de drogas pela Justiça brasileira. Rafaat vivia como um empresário de sucesso no Paraguai e era conhecido como o “Rei da Fronteira”.

Fonte: http://g1.globo.com

Polícia encontra R$ 1 milhão em crack escondido em paredes de casa em São José dos Pinhais

dinheiro e drogasNa tarde desta terça-feira (24), uma ação conjunta do Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep), com policiais militares do 17º Batalhão e do Canil do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), resultou na apreensão de mais de R$ 1 milhão em crack em uma residência no bairro Borda do Campo, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

Além da droga, foi apreendido quase R$ 80 mil em dinheiro. Uma denúncia anônima levou os policiais até a casa onde seria entregue uma grande quantidade de drogas. Os policiais fizeram a abordagem e encontraram 73 quilos de crack dentro dos sacos.

 

A droga e o dinheiro estavam escondidos nas paredes. Duas pessoas foram presas em flagrante e levados para o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope).  Eles responderão pelo crime de tráfico de drogas.

Tanto o caminhão quanto o carro que seria usado para distribuição da droga foram apreendidos.

Daysi Portela / Marcel Mercurio 

Polícia Federal realiza incineração de drogas em Curitiba

incineracaoCuritiba/PR – A Polícia Federal realizou nesta manhã, 27/04, a incineração de diversas drogas apreendidas em Curitiba e região metropolitana.

O evento contou com a participação de representantes da Vigilância Sanitária e da Justiça Federal.

As drogas incineradas foram as seguintes:

Maconha: 1,2 toneladas

Cocaína: 56 kg

Crack: 85 kg

Além de ecstasy (139 comprimidos), Haxixe (460g) e sementes de maconha.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Paraná

Curitiba, 27 de abril de 2016.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

41- 3251- 7813

Preso pela PRF, trio paraguaio transportava 18,5 quilos de cocaína em botijão de gás

gasA PRF apreendeu 18,5 quilos de cocaína na madrugada desta quinta-feira (21) em Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná.

A droga ,13,3 quilos de pasta base de cocaína e outros 5,2 quilos de cloridrato de cocaína que estavam escondidas dentro de um botijão de gás. Dois homens e uma mulher, todos de nacionalidade paraguaia, foram presos em flagrante por tráfico de drogas.

Durante ronda na BR 277, os policiais rodoviários federais desconfiaram dos três e decidiram abordá-los. Eles ocupavam um carro e uma motocicleta, ambos estacionados no acostamento. O grupo estava acompanhado de uma menina de seis anos de idade.

Inicialmente, o grupo alegou que estaria a passeio no Brasil, e que havia parado para urinar no local.

Ao iniciar a vistoria do carro, os agentes avistaram o botijão, perto do acostamento, no chão e envolvido em um saco plástico preto.

Ao levantar o botijão, os agentes perceberam de imediato um barulho anormal, além do peso excessivo. Na parte inferior dele, havia massa plástica de resina.

Retiradas a resina e a tampa que havia sob ela, foram encontrados os entorpecentes, acondicionados em 19 tabletes.

Questionados sobre a carga ilícita, os envolvidos alegaram que teriam encontrado o botijão abandonado no local. A criança, porém, confirmou que seu pai estava de fato transportando o objeto.

A PRF encaminhou os presos, as drogas e os veículos para a Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu.

A pena para o crime de tráfico de drogas varia de cinco a 15 anos de reclusão.

Fonte: http://www.umuaramanews.com/

Mais artigos...

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    ricardo    EAD  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web