JORNALISTAMINI

Ministério Público se opõe a compra de novas tornozeleiras eletrônicas

Secretário de Segurança confirma compra de 6 mil dispositivos; MP pede correção de problemas antes da compra    

n0112A Secretaria de Segurança anunciou a compra de seis mil tornozeleiras eletrônicas, mas o Ministério Público se posicionou de forma contrária a aquisição dos dispositivos.

O Promotor de Justiça do Paraná, André Thiago Glitz, afirma que antes de comprar novos dispositivos os erros apresentados devem ser corrigidos.

O MP informou que até agora já houve mais de 37 mil violações na utilização da tornozeleira.

O Secretário de Segurança, Wagner Mesquita, admite que houve equívoco no repasse de informações, mas acredita que o sistema tem potencial para ser expandido. 

 Fonte: catve

 

Comentar

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web