jornalista1

Investigador da Polícia Civil é morto a tiros em Curitiba

 Campos estava sozinho dentro de um carro descaracterizado da Polícia Civil.

Investigador era da Dedetran. Foto: Colaboração/Banda B A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) trabalha desde as primeiras horas da manhã deste sábado (11) para apontar os suspeitos pela morte do investigador Wagner Silva Campos. Ele foi morto a tiros durante a madrugada no bairro Parolin, em Curitiba, e a motivação está sendo investigada. Campos estava sozinho dentro de um carro descaracterizado da Polícia Civil. Os atiradores fugiram a pé.

De acordo com as informações apuradas por uma fonte da Banda B, o investigador trafegava em velocidade baixa pelo local, quando dois homens o abordaram e atiraram diversas vezes contra o carro do policial civil. Ferido, o investigador perdeu o controle da direção e colidiu contra o muro de uma residência, na rua Professor Rubens Helke Braga, cerca de três quadras do local dos disparos.

Local

A Polícia Militar (PM) foi acionada, isolou o local e mobilizou a especializada em homicídios. Campos era lotado na Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) e não há informações se ele estava em uma diligência pelo bairro. Os dois atiradores fugiram a pé.

Fonte: BANDAB.COM.BR

 

Comentar

vetenuo

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                   

www.impactocarcerario.com.br

 

blogimpakto  acervo         jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web