JORNALISTAMINI

Sargento e soldado da PM são presos por morte de casal em Curitiba

Crime aconteceu no dia 3 de setembro quando as vítimas saíam de uma churrascaria no Bairro Rebouças    

np2111Um sargento e um soldado da Polícia Militar foram presos na manhã desta terça-feira (21), pela DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa), acusados pela morte de um casal na saída de uma churrascaria de Curitiba, no dia 3 de setembro .

O crime aconteceu rua Dr. Pamphilo Assumpção, no Bairro Rebouças, em Curitiba, quando as vítimas saíam do restaurante. Uma familiar que estava com o casal também foi ferida, mas sobreviveu.

Paulo Guilherme de Mattos, 31 anos, a esposa Andrea Aparecida de Mattos, 37 anos, foram mortos por disparos de fuzil, pistola .40 e 9 milímetros. A motivação do duplo homicídio não foi informada.

O sargento foi preso em casa, no Bairro Uberaba. Já o soldado foi detido quando chegava para trabalhar em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

O CRIME
O casal e a irmã de Andrea foram baleados quando já estavam dentro de um carro, um Peugeot. Eles jantaram em uma churrascaria e foram surpreendidos quando estavam indo embora. O crime foi registrado por câmeras de segurança do estabelecimento.

Mattos tinha extensa ficha criminal, segundo a polícia. Em 2013, foi preso pelo Cope (Centro de Operações Policiais Especiais) em uma operação. Ele era suspeito de participar de uma quadrilha que praticava o crime conhecido com "cavalo louco", na região central de Curitiba. 

Fonte: catve

Comentar

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web