jornalista1

PF convoca 300 policiais para desarticular esquema milionário de tráfico drogas em cinco Estados

op.ferrari1Londrina/PR – A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, (15/06), a Operação FERRARI para desarticular cinco núcleos de organização criminosa que tinha como finalidade o tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro em cinco estados da Federação.

A operação contou com a participação de 300 policiais federais e 28 servidores da Receita Federal do Brasil, que deram cumprimento a 49 mandados judiciais, sendo 20 mandados de prisão preventiva, 22 mandados de busca e apreensão e sete mandados de condução coercitiva, em 15 cidades dos seguintes Estados: Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Bahia e Sergipe.

De acordo com as informações fornecidas pela Receita Federal do Brasil, que participou em conjunto com a PF, a análise minuciosa de documentos de dados fiscais e bancários, possibilitou descobrir um complexo esquema de lavagem de dinheiro.

Até o presente momento da investigação o patrimônio avaliado da organização criminosa ultrapassa os 40 milhões de reais.

Leia também: POLÍCIA FEDERAL - BALANÇO OPERAÇÃO FERRARI‏

O nome da operação é em alusão ao estilo de vida luxuoso que os criminosos mantinham possuindo casas em condomínios horizontais

de alto padrão na cidade de Londrina/PR, empresas para lavagem de dinheiro, automóveis importados e embarcações de luxo, tudo fruto do tráfico internacional de drogas, além de ser o nome de um dos estabelecimentos empresariais mantidos pela organização criminosa.

São cumpridos também o sequestro de 20 imóveis, bloqueio de numerários em 30 contas correntes e apreensão de mais de 100 veículos adquiridos por meio de práticas criminosas.

Todos os presos serão conduzidos à cidade de Curitiba-PR.

Cumprimento dos mandados:

Legenda –

MPP – mandado de prisão preventiva;

MBA – mandado de busca e apreensão e

MCC – mandado de condução coercitiva.

Paraná – 

Londrina = sete MPP, quatro MCC e cinco MBA; 

Cambé = um MPP e dois MBA;

Arapongas = um MCC e um MBA;

São Jerônimo da Serra = um MBA;

Porecatu = um MBA.

São Paulo – 

Osasco – um MPP e um MBA;

Indaiatuba – dois MPP, um MCC e quatro MBA;

Hortolância – um MPP e dois MBA;

Salto – um MBA;

Sumaré – um MCC;

Araçoiaba da Serra – dois MBA e em 

Campinas – dois MPP.

Mato Grosso do Sul – 

Mundo Novo – dois MPP e um MBA.

Bahia – 

Salvador – três MPP e um MBA

Sergipe – 

Aquidaban – um MPP

Será concedida entrevista coletiva às 10h00 no auditório da Delegacia de Polícia Federal em Londrina, situada na Rua Tietê 1450,  Vila Nova Londrina – PR. Telefone: (43) 3294-7204 e 7205

Comunicação Social da Polícia Federal no Paraná

Londrina-PR, 15 de junho de 2015

Telefones: (43) 3294-7204

Comentar

vetenuo

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto  safestore1  smartseg 
universidadedotransito acervo        kennya6      alexandrejose    codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web