jornalista1

PM afasta subtenente apontado como líder de organização criminosa em MS

Subtenente Silvio Cesar Molina em foto publicada no Facebook (Foto: Arquivo pessoal) Afastamento de Silvio Molina foi publicado na edição desta terça-feira do Diário Oficial

Fui publicado na edição desta terça-feira (18) do Diário Oficial do Estado o afastamento da função pública do subtenente da Polícia Militar Silvio Molina, suspeito de chefiar uma organização criminosa em Mato Grosso do Sul.

Molina é apontado como líder do grupo especializado no tráfico de drogas a partir da região sul do Estado e foi alvo da Operação Laços de Família em junho de 2018. O Portal da Transparência aponta que o PM ainda recebe remuneração de R$ 10,1 mil.

O subtenente foi acusado de liderar um grupo que mantinha relações comerciais com facções criminosas a partir de Mundo Novo, a 476 km de Campo Grande.

Durante a investigação, a Polícia Federal apreendeu R$ 317.498,16, joias avaliadas em R$ 81.334,25, duas pistolas, 27 toneladas de maconha, duas caminhonetes e 11 veículos de transporte de carga. Os mandados de busca e apreensão atingiram mais de 140 veículos, entre automóveis, motocicletas, helicópteros e embarcações, além de imóveis.

Na Laços de Família, foram investigados crimes como tráfico transnacional de drogas, associação para o tráfico, lavagem de capitais e posse ilegal de arma de fogo. A denúncia foi aceita em agosto pela Justiça Federal. Molina também foi investigado por um duplo homicídio em janeiro de 2018, supostamente relacionado com uma guerra entre facções.

Em maio de 2019, Silvio Molina teve prisão preventiva decretada pela Justiça Estadual de Minas Gerais. A suspeita é de envolvimento em duplo homicídio. Em 11 de janeiro de 2018, dois corpos foram encontrados num rio em Minas Gerais.

Fonte: https://www.campograndenews.com.br/

Comentar

vetenuo

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                  Saiba os benefícios de usar o LinkedIn para a sua vida profissional - IFS -  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe 

blogimpakto  acervo         jornalismoinvestigativo   fundobrasil   Monitor da Violência – NEV USP   Capa do livro: Prova e o Ônus da Prova - No Direito Processual Constitucional Civil, no Direito do Consumidor, na Responsabilidade Médica, no Direito Empresarial e Direitos Reflexos, com apoio da Análise Econômica do Direito (AED) - 3ª Edição - Revista, Atualizada e Ampliada, João Carlos Adalberto Zolandeck

procurados

Desenvolvido por: ClauBarros Web