juarezjornalista

Polícia Federal prende Argentino procurado pela Interpol

not polCuritiba/PR – A Polícia Federal prendeu na manhã de hoje, 22/12, um homem de 54 anos, foragido da Justiça Argentina pelo cometimento de duplo homicídio e uma tentativa de homicídio na cidade de Avellaneda na Argentina. O mesmo também possuía difusão vermelha na Interpol e uma recompensa de 150.000,00 pesos por sua captura.

As investigações que culminaram na prisão do suspeito foram iniciadas após uma denúncia anônima, feita à representação da Interpol em Curitiba. Após a realização de diligências e levantamentos, com o apoio da Delegacia de Polícia Civil de Araucária, a equipe da Polícia Federal de Curitiba/Interpol obteve êxito na localização e prisão do suspeito, na região metropolitana de Curitiba, onde residia.

A prisão se deu em decorrência do cumprimento de um mandado de prisão expedido pelo Supremo Tribunal Federal.

Em poder do suspeito foram encontrados diversos documentos estrangeiros com nomes falsos, inclusive a identidade falsa utilizada no Brasil.

O preso será encaminhado ao sistema prisional estadual, onde ficará aguardando a decisão do STF para extradição ao seu país de origem.

Comunicação Social da Polícia Federal em Curitiba/PR

Telefone. (41) 3251-7809

PF prende em flagrante passageiro com ecstasy no aeroporto em Curitiba

pfecstase

Curitiba/PR – A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta manhã, 12/12, um cidadão que tentou embarcar para a cidade do Rio de Janeiro/RJ, com ecstasy na sua bagagem de mão, através do Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, área metropolitana de Curitiba/PR.

O passageiro ao tentar o embarque passando pela área do check-in, chamou a atenção de um Agente de Proteção Aeroportuária quando este detectou que havia uma substância orgânica no interior de sua bagagem de mão.

A mochila foi aberta e foi encontrada grande quantidade de comprimidos de cores variadas e em formato da cabeça de um personagem de desenho animado. O Policial Federal foi acionado para verificar o fato e após o exame foi constatado que se tratava de uma droga popularmente conhecida como ecstasy. Cerca de 11 mil comprimidos.

Com o preso também foi encontrada a passagem de retorno ainda para o dia de hoje.

O preso foi conduzido para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba/PR onde permanecerá à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico de drogas que prevê penas de até 15 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Curitiba/PR

Telefone. (41) 3251-7809

Bandidos invadem cidade no PR e fogem com cofre de banco

Durante 15 minutos, criminosos tomaram a cidade de Itaperuçu, região metropolitana de Curitiba, e fugiram com cofre de agência bancária

sireneAo menos 15 homens armados participaram de um crime de cinema na madrugada desta segunda-feira (7) na cidade de Itaperuçu, região metropolitana de Curitiba. Por volta das 3h30, eles dominaram o centro da cidade, explodiram caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal e fugiram com o cofre da agência. Eles ainda fecharam as principais vias de acesso ao local para impedir a aproximação da polícia.

De acordo com a Banda B, a quadrilha usava armas longas e utilizou três veículos para efetuar o assalto: uma L200, um Gol e outra caminhonete da Mitsubishi. Toda a ação durou cerca de 15 minutos. A quadrilha fugiu logo após o roubo e ainda não há informações sobre suspeitos.

Fonte: http://arede.info/

PF prende traficantes e apreende bens no PR e MT

opgalegoCuritiba-PR – A Polícia Federal deflagrou hoje, 04/12, a Operação Galego*, com o objetivo de reprimir o tráfico de entorpecentes na cidade de Curitiba.

Cerca de 40 policiais federais cumpriram 12 mandados judiciais, sendo cinco mandados de prisão preventiva, dois mandados de condução coercitiva e cinco mandados de busca e apreensão. Um dos mandados será cumprido na cidade de Cuiabá/MG.

A operação visa desarticular organização composta de traficantes que trazem grandes quantidades de drogas para a cidade de Curitiba, da qual seu líder, que é um empresário da cidade, realiza lavagem de dinheiro, além de supostamente, operarem o sistema de agiotagem e jogos clandestinos.

Os presos responderão pelos crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro e poderão ser condenados a penas que podem chegar a até 35 anos.

Quatro veículos e uma moto foram apreendidos, além de relógios, jóias, certa quantia em dinheiro e bloqueio de contas bancárias dos investigados.

* O nome da operação é em alusão ao apelido do principal alvo da organização.

Comunicação Social da Polícia Federal em Curitiba/PR

(41) 3251-7809

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Ladrões de banco invadem festa de casamento na região

Bandidos fizeram a equipe da Polícia Militar refém e buscaram o gerente do banco em uma festa de casamento. Moradores relatam momentos de terror

ladraocasamentoBandidos fortemente armados voltaram a aterrorizar a região dos Campos Gerais. Dessa vez os bandidos assaltaram uma agência bancária na cidade de Rosário do Ivaí, município a 180 KM de Ponta Grossa. Segundo o siteCanal38, o grupo chegou a cidade por volta das 00h desse domingo (22).

Segundo a publicação dezenas de tiros foram disparados e os policiais militares informaram que ao tentar saírem do batalhão ouviram disparos de metralhadora de bandidos que estavam vigiando o destacamento.
 
A equipe de plantão da PM ficou cerca de uma hora refém do bando, sem poder deixar o local. O sistema de monitoramento online do Banco Bradesco flagrou 7 bandidos fortemente armados quebrando portas e paredes de vidro. No local eles danificaram os caixas eletrônicos para  explodir os equipamentos usando dinamite – a explosão não aconteceu. O grupo também usou uma ferramenta, espécie de lixadeira para tentar abrir o cofre, mas não teve exito na ação.
 
“Neste momento, a ação deles passou a ser mais ousada, pois não conseguindo abrir o cofre, eles foram até uma Petiscaria e o Salão da Igreja, que estavam movimentos devido a festa de casamento, a procura do gerente. Inclusive diziam que já tinha vindo na cidade uma vez, e que se não conseguissem êxito, voltariam novamente”, informou a Polícia Militar.
 
Populares disseram que eles utilizavam um rádio comunicador, a exemplo dos que são utilizados pela Polícia Militar para se comunicar. Para fugir eles obrigaram dois reféns a se pendurar no capô dos veículos, as vítima que foram levadas até a ponte, próximo a um laticínio, na saída para Água Amarela, estrada de cascalho que dá acesso ao município de Rio Branco e depois Reserva. Um dos reféns afirmou que o carro que o levou era um Toyota Corolla com placas de Kaloré.
 
Após a ação frustrada e a fuga do bando, a Polícia encontrou cartuchos de calibre 12 e de fuzil 7,62 e 5,56. “Meus Deus, estão atirando muito, estamos com muito medo, tem muitos jovens na rua; por favor, ligue para o 190, porque a cidade está acuada”, contou a Morada Diva dos Santos, que estava em uma Lanchonete juntamente com outras pessoas. Pelo celular era possível ouvir os tiros e os gritos das pessoas apavoradas.
 
As autoridades da região já investigam o caso.

Mais artigos...

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    ricardo    EAD  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web