jornalista1

Mais de 2 mil presos da Papuda são liberados pela Justiça para o saidão

Os internos deixaram as unidades prisionais nessa sexta-feira (2/7) e deverão se apresentar na terça-feira (6/7)

Preso deverão retornar aos presídios na terça-feira (6) -  (crédito: Seape-DF/Divulgação) Mais de 2 mil presos do Complexo Penitenciário da Papuda e do Centro de Progressão Penitenciária (CPP), no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), foram beneficiados com o "saidão" nessa sexta-feira (2/7/) — benefício previsto no calendário da Vara de Execuções Penais (VEP). Os internos deverão se apresentar nas respectivas unidades prisionais na terça-feira (6/7) (veja o vídeo abaixo).

 

Os detentos lotados nos presídios da Papuda desembarcaram na Rodoviária do Plano Piloto, sob monitoramento dos policiais penais da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape-DF). No total, foram liberados 2.028 presos, sendo 1.123 do CPP, 829 do Centro de Internamento e Reeducação (CIR), 3 da Penitenciária do Distrito Federal 1 (PDF I), 3 do Centro de Detenção Provisória (CDP), 2 da Penitenciária do Distrito Federal 2 (PDF 2) e 67 mulheres da Penitenciária Feminina do DF.

saidão mais recente foi concedido em 3 de junho, no feriado de Corpus Chirsti, onde 1.858 detentos deixaram as unidades prisionais. Com objetivo de manter o controle do fluxo dessas saídas, policiais penais da Seape-DF desencadearam uma operação para a liberação dos internos beneficiados, os quais serão mantidos sob vigilância por controle diário de fiscalização residencial, a fim de manter a ordem, segurança e total comprimento à legislação de execução penal.

Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br

 

Comentar

vetenuo

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                  Saiba os benefícios de usar o LinkedIn para a sua vida profissional - IFS -  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe 

blogimpakto  acervo         jornalismoinvestigativo   fundobrasil   Monitor da Violência – NEV USP   Capa do livro: Prova e o Ônus da Prova - No Direito Processual Constitucional Civil, no Direito do Consumidor, na Responsabilidade Médica, no Direito Empresarial e Direitos Reflexos, com apoio da Análise Econômica do Direito (AED) - 3ª Edição - Revista, Atualizada e Ampliada, João Carlos Adalberto Zolandeck

procurados

Desenvolvido por: ClauBarros Web