JORNALISTAMINI

Agentes e Rotam impedem fuga na penitenciária de Francisco Beltrão

agentesimpedemfugaNa madrugada deste sábado, dia 2, a equipe da Rotam da Polícia Militar realizou operação bate grade na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão. A PM foi acionada pelos agentes penitenciários que perceberam movimentos suspeitos em uma cela com seis detentos. A vistoria confirmou a suspeita. Eles tinham retirado os pinos da porta da cela. Também portavam barras de ferro, telefone celular e teresa, que seria usada para escalar a parede. Com isso, a possível fuga foi evitada.

O diretor da penitenciária, Marcos Andrade, disse que as equipes de segurança estavam monitorando a situação desde cedo e conseguiram impedir a fuga no momento certo. Ele enalteceu a parceria dos agentes penitenciários, pois muitos que estavam de folga foram até o presídio para ajudar na operação, e também com a Rotam que deu todo o suporte de segurança.

Fonte: http://www.jornaldebeltrao.com.br

Adolescente é flagrada com maconha nas partes íntimas

Jovem alegou que pretendia entregar a droga para seu marido, que está preso na Cadeia Pública Hildebrando de Souza

Uma adolescente de 16 anos foi apreendida tentando entrar com maconha na Cadeia Pública Hildebrando de Souza na manhã deste domingo (3), em Ponta Grossa. A jovem escondeu a droga nas partes íntimas e foi descoberta durante a revista dos agentes de cadeia pública.

Segunda a garota, a maconha seria entregue ao seu marido, que está preso no cadeião, durante a visita realizada. Com o flagra, a Polícia Militar foi acionada até o cadeião e encaminhou a adolescente até a 13ª Subdivisão Policial para as devidas providências.

Fonte: http://arede.info

Ex-presidiário, advogando?

expresidiarioPor uma década eu passei minha vida cumprindo pena no sistema carcerário do estado de São Paulo, por erros cometidos em minha pré-juventude.

Durante todos estes anos milhares de coisas aconteceram e muito se aprende, quando verdadeiramente se quer aprender.

Em um determinado período decidi explorar as bibliotecas das penitenciárias, claro que com certas dificuldades, e descobri um mundo interior só meu que superava a ação do tempo e todas as outras maldades vindas da opressão do sistema e limites dos convívios, abrindo em mim um leque de novas visões, até que decidi escrever em minha defesa, através de petições e mais petições às instâncias. Essa atitude despertou em outros companheiros a necessidade de meus "serviços" e assim fui me empenhando ao direito.

Hoje cumpro condicional, estou no último ano do ensino médio, aos 35 anos de idade, cheio de amor pelo direito penal e quero prestar vestibular no final do ano.

Sou também pintor de obras e vivo disso, é assim que pretendo bancar meus estudos...

Agora gostaria de gerar aqui um assunto polêmico e encontrar diversas opiniões e pontos de vistas:

Assim como nossa amiga doutora publicou o artigo questionando se "Advogado tatuado... Pode?". Vou, respeitosamente, mais além:

Advogado tatuado e ex-presidiário, pode?

  

Christian Calsolari

Christian Calsolari

35 anos de idade. ex presidiário. estudante de direito.

Detentos ameaçam agentes da PEPG com estoques

Tropa de Choque da PM precisou intervir para controlar a situação na penitenciária; Sete 'estoques' foram encontrados dentro das celas

pepgA Penitenciária Estadual de Ponta Grossa (PEPG) registrou momentos de tensão durante a manhã desta quarta-feira (22). Alguns detentos do sistema prisional se recusaram a voltar para as celas após uma saída diária até o pátio de uma das galerias e chegaram a ameaçar funcionários. A Tropa de Choque da Polícia Militar precisou ser acionada para amenizar a situação.

Por volta das 11h, três detentos voltavam para uma das celas da galeria B quando se revoltaram e ameaçaram funcionários com estoques – uma espécie de faca improvisada, feita a partir de vidros de uma luminária quebrada.

Os presos pediram, inclusive, transferência para outras penitenciárias do estado. A Polícia Militar foi acionada para reforçar a operação e a Tropa de Choque precisou agir no local. Após quase meia hora, a situação foi normalizada e os detentos voltaram para as celas. As informações foram repassadas pela Secretaria de Segurança Pública do Paraná.

Durante a tarde desta quarta-feira (22), logo após o incidente, os agentes penitenciários realizaram uma operação ‘bate-grade’ e apreenderam sete estoques. O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen) afirmou que o procedimento é uma operação padrão, realizada em todos os presídios do estado para encontrar objetos como serras, carregadores de celular, facas e outras armas.

Fonte: http://arede.info

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web