juarezjornalista

Presos fogem de penitenciária no PR pela tubulação de água

Buraco na cela de detentos dava acesso à central de tubulação hidráulica. Presos andaram até o pátio e escalaram o muro com corda artesanal

fugadepenitCinco presos fugiram, por volta das 6h desta segunda-feira (22), da Penitenciária Central do Estado (PCE), localizada em Piraquara (Região Metropolitana de Curitiba). A fuga aconteceu cinco dias depois que quatro presos escaparam da mesmo unidade.

Segundo informações da assessoria de imprensa do Departamento de Execução Penal (Depen), os detentos abriram um buraco na parede da cela que dava acesso à central de tubulação hidráulica, caminharam por este espaço até o pátio da unidade e escalaram o muro utilizando uma corda artesanal.

O Depen informou que os agentes penitenciários de plantão perceberam a movimentação e conseguiram capturar um sexto preso que estava no pátio. Até o início da tarde, nenhum preso havia sido recapturado, assim como os quatro que fugiram na semana passada e que ainda estão em liberdade.

Informações do Portal Bonde.

Fonte: arede.info

Agente penitenciário é preso por violência doméstica em PG

Agente penitenciário disparou com uma arma de fogo para ameaçar a antiga companheira

agentepenNa manhã desta sexta-feira (15) a Delegacia da Mulher de Ponta Grossa prendeu um agente penitenciário acusado de violência doméstica. O homem, de 32 anos de idade, foi preso na região central após a denúncia da vítima, que tinha 24 anos. Os dois tinham um relacionamento que, após o término, o homem acabou não aceitando a situação. Ele foi preso preventivamente.

“Ele não aceitou o fim do relacionamento, o que é uma situação bem comum. E isso acabou virando em ameaças e violência, por mais que não houve agressão física”, explica a delegada Cláudia Kruger, da 13º Subdivisão Policial. De acordo com informações da Polícia Civil, a vítima foi até a delegacia e denunciou o homem após uma situação de ameaça. O agressor teria ameaçado a companheira com uma arma de fogo e chegou a disparar a arma para ‘assustar’ a moça.

Os dois moraram juntos durante um tempo e, segundo a vítima relatou para a delegada, o relacionamento era conturbado e problemático. “Isso é para mostrar que a Justiça é para todos. É um caso que se enquadra na Lei Maria da Penha”, explicou a delegada Cláudia. O agressor trabalhava como agente penitenciário em Curitiba.

A Polícia Civil segue na investigação do caso e precisa fechar o inquérito policial e realizar exames.

Segurança é preso por violência doméstica

A Polícia Civil prendeu na noite de quinta-feira (14) outro suspeito de agressão contra uma mulher. A vítima, de 25 anos de idade, foi até a Delegacia de Mulher para registrar a denúncia contra o agressor, de 45 anos. A situação também envolve um relacionamento que, após o término, gerou ameaças e agressões físicas. “A prisão preventiva foi acatada pela Justiça e agora seguimos com a investigação”, explica a delegada Cláudia Kruger. O agressor trabalhava como segurança em uma empresa da cidade. Os nomes dos presos não serão divulgados para preservar a identidade das vítimas.

Fonte: arede.info

Detento é assassinado dentro da Penitenciária Dênio Moreira, em Ipaba

Preso foi morto a golpes de chuço durante o banho de sol
IPABA – Um preso foi assassinado no início da tarde desta sexta-feira (15) dentro da Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho, em Ipaba. Segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o crime ocorreu por volta de 12h durante o banho de sol dos detentos. 
O preso Pedro Henrique de Jesus, de 29 anos, foi atacado por dois presos e sofreu cinco perfurações provocadas por chuços e depois foi jogado no pátio do pavilhão. O detento morreu no local. A Polícia Civil esteve no Presídio para realização de perícia e vai investigar o caso. 
Três agressores foram identificados e conduzidos à delegacia de Polícia Civil em Ipatinga e estão à disposição da justiça. Os acusados confessaram o crime e disseram que mataram Pedro Henrique porque ele era X9(informante). 
Ainda conforme a Seds, a direção-geral da unidade prisional instaurou um Procedimento Interno para apurar o ocorrido. A arma do crime não foi encontrada.
 
Diário Popular - parceiros do Plantão Policial 
 

Agente Penitenciário de Juiz de Fora participa da revisão do Manual de Defesa Pessoal do Exército Brasileiro

Posted:16 Jan 2016 07:25 AM PST


 “Uma honra!”. É assim que o agente penitenciário Alexandre Gerken, do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Juiz de Fora, descreve o recente convite da Escola de Educação Física do Exército Brasileiro para colaborar na revisão do Manual de Defesa Pessoal da força. Foi um reconhecimento da autoridade técnica de Alexandre, que ensinou lutas marciais no curso de Educação Física da escola, no Bairro da Urca, no Rio de Janeiro, de 2005 a 2007.
 
O agente tem mais de 30 anos de experiência em lutas marciais, com formação nas modalidades Hapkido, Karatê, Jiu-Jitsu Tradicional, Aikdo e Taekwondo e graduação acadêmica em Educação Física. Antes de ingressar no quadro de servidores da Secretaria de Estado de Defesa Social, dedicou-se ao ensino de artes marciais e de defesa pessoal em várias instituições.
Alexandre foi liberado pela direção do Ceresp JF, onde trabalha desde outubro de 2014, para passar uma semana no Rio dedicada à revisão do manual. O diretor-geral da unidade, Alexandre Cunha, diz que o convite brindou a qualidade do quadro de servidores do sistema prisional.
“Ficamos muito satisfeitos com a oportunidade de contribuir com o Exército, mostrando para a sociedade a capacidade dos nossos agentes e a importância da participação deles em outros setores”.
Revisão
Além de Alexandre, nove pessoas com formações em diversas áreas participaram da revisão da 4° edição do manual, de 2012. Segundo o agente penitenciário, a atualização foi necessária por causa da evolução das artes marciais, em que algumas técnicas perdem espaço para outras mais eficazes.


“Analisamos todo o material, e vimos o que realmente faz efeito e o que não dá resultados. Também sugeri a criação de um conteúdo didático para integrar a instrução dos militares. O novo manual está enquadrado dentro de um conceito atual de defesa pessoal, proporcionando uma melhor prestação de serviço à sociedade por parte do Exército Brasileiro” destaca o agente.
Assim como o diretor-geral da unidade, Alexandre não esperava o convite e se sentiu muito orgulhoso por contribuir para o Exército como representante da Seds. “Fui apresentado a todos como agente penitenciário de Minas Gerais. Isso mostra a credibilidade e o reconhecimento do trabalho do Sistema Prisional do Estado. Gosto muito do que faço e poder transmitir isso e auxiliar uma instituição nacional é um grande prazer”.
Por Fernanda de Paula
Crédito fotos: Divulgação Ascom

INOPERÂNCIA DAS ENTREGAS DAS IDENTIDADES FUNCIONAIS LEVAM COLEGAS DO SISTEMA PARA A PRISÃO

folhaub

 

AGENTE PENITENCIÁRIO DE MG GANHA AÇÃO JUDICIAL

À averbação do período de 01.12.1987 a 04.09.1.996, para concessão do quinquênio, bem como as diferenças devidas, observada a prescrição quinquenal, inclusive com reflexos no 13º salário e férias, junto à parte ré.
 

Detentos agridem agente e fogem de Centro de Ressocialização de Limeira-SP, segundo o G1

Fuga ocorreu por volta das 21h de terça-feira (9); ninguém foi recapturado.
Polícia não informou se os três homens que fugiram estavam armados.
Do G1 Piracicaba e Região
Três detentos fugiram do Centro de Ressocialização de Limeira (SP) na noite de terça-feira (9). Segundo a Polícia Civil, os homens renderam um agente penitenciário por volta das 21h, pegaram a chave dele e fugiram na sequência.
A Polícia não informou como o funcionário foi rendido e nem se o trio estava armado. Ninguém foi recapturado até a manhã desta quarta-feira (10).
O presídio fica no km 4,5 da Via Jurandir da Paixão de Campos Freire e tem capacidade para atender 144 presos em regime fechado e provisório mais 70 no semiaberto. No entanto, atualmente, a unidade contém ao todo 216 homens.
O G1 tentou entrar em contato com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) nesta manhã, mas não obteve retorno.

Mais artigos...

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web