jornalista1

Celulares são apreendidos em freezer que seria entregue em cadeia de Guarapuava

 43 celulares que estavam escondidos em um freezer que seria entregue na cadeia de Guarapuava, região central do Paraná, foram apreendidos. Uma moça, de 19 anos, levou o eletrodoméstico para o marido, que está preso.

Os aparelhos estavam escondidos nas laterais do equipamento. Foram encontrados, também, 13 fones de ouvido, cabos USB, quatro carregadores, além de uma serra de cortar ferro e quatro brocas para perfuração de concreto. Ao receber voz de prisão, a mulher informou, também, que é traficante de drogas. Na casa dela foi encontrada uma pequena quantidade de entorpecentes, assim como uma balança de precisão e dinheiro em espécie.

Por meio de nota, o Departamento Penitenciário diz que autorizou a entrada do freezer porque o aparelho antigo – que havia sido doado por familiares de detentos, estragou.

Fonte: bandnewsfmcuritiba

RJ: Joias e relógios são apreendidos em penitenciária

testeRelógios, joias e celulares foram apreendidos na penitenciária de Bangu 3, onde estão presos os principais líderes das facções criminosas cariocas, e Bangu 9, local onde milicianos estão apreendidos. A Polícia fez uma operação para apreender pertences que entram ilegalmente nas celas.

Veja o vídeo AQUI

Fonte: uol

Cruzeiro do Oeste – PM apreende drogas e celulares na Penitenciária

pc0905A Polícia Militar (PM) de Cruzeiro do Oeste apreendeu maconha e aparelhos celulares na Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste (PECO). A ocorrência aconteceu na sexta-feira (3).

Em nota, a PM afirmou que havia pessoas arremessando objetos para dentro da unidade prisional. Ao menos cinco pessoas participavam da ação. Com a chegada da viatura os suspeitos fugiram.

Perto da muralha da PECO a PM encontrou pacotes de fumo, 5 celulares, 2 baterias, isqueiro e 587 gramas de maconha.

Fonte: portalguaira

Presos convivem com ratos e baratas na Delegacia de Piraquara

O Conselho da Comunidade da Região Metropolitana de Curitiba denunciou nesta sexta-feira (3) que a Delegacia de Piraquara é “um exemplo do desleixo com que o estado administra o sistema penitenciário”. Como a maioria dos distritos policiais do Paraná, a unidade está com a carceragem superlotada: possui 4 vagas, mas está com 58 presos.

Presos convivem com ratos e baratas na Delegacia de PiraquaraPara piorar a situação, diz o Conselho, o local abriga presos que necessitam cuidados médicos e psiquiátricos. Aguardando transferência para o Complexo Médico Penal (CMP), os detidos vivem em meio de fezes e são flagrados tomando urina. O Complexo Médico Penal está com falta de profissionais de saúde para o atendimento, o hospital penal ainda está desativado e a unidade está com 228 presos acima da sua capacidade (599).

Em visita realizada pelo Conselho foi constatado outro problema grave – a presença de mulheres presas na carceragem, em cela improvisada ao lado da dos homens. Apenas grades separam os dois grupos. O Depen pretende transferir todas as mulheres detidas provisoriamente em delegacias da RMC para o distrito de Rio Branco do Sul, o que ainda não tem data para ocorrer.

“O que vimos em Piraquara é um absurdo total. Aquelas pessoas estão em situação desumana. Convivem com sujeira, ratos e baratas. O Estado é o tutor e simplesmente não oferece condições dignas. Por lei, as mulheres não poderiam estar em celas separadas dos homens apenas por grades. Se já estão sentenciadas, deveriam ir para o sistema”, afirma Isabel Kugler Mendes, presidente do Conselho da Comunidade da RMC.

“A superlotação do sistema faz com que o CMP não tenha condições de receber presos com necessidades especiais como os que vimos em Piraquara. Falta uma política de Estado para resolver o caos no sistema penitenciário paranaense. Infelizmente, não vemos o governo demonstrar preocupação em achar soluções definitivas para resolver a situação, apenas medidas paliativas”, ressalva Isabel Mendes.

Em fevereiro, por causa da superlotação houve uma tentativa de fuga na Delegacia de Piraquara, mas a polícia conseguiu evitar que os presos escapassem.

Fonte: https://contraponto.jor.br/presos-convivem-com-ratos-e-baratas-na-delegacia-de-piraquara/

Após fuga de 24 presos da CPP de Aparecida de Goiânia, oito são recapturados e um morre, diz DGAP

Seis foram baleados e levados a hospital. Um dos foragidos é Thaygo Henrique Alves Santana, condenado a 63 anos de prisão por chacina na Serra das Areias.

pc2504 A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou que 24 detentos fugiram da Casa de Prisão Provisória em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, após prepararem uma emboscada pra agentes prisionais. A confusão que levou às fugas deixou ainda 6 feridos. Até o início da manhã desta quarta-feira (24), oito haviam sido recapturados e um morreu em troca de tiros com policiais.

Os seis baleados foram levados ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). A unidade de saúde informou, por telefone, que não pode divulgar os nomes dos pacientes "por questões de segurança", mas que: 2 receberam alta médica, 2 estão no centro cirúrgico e 2 estão na emergência.

Buracos usados por presos da CPP de Aparecida de Goiânia para esconder objetos Goiás — Foto: Reprodução/Sinsep

Buracos usados por presos da CPP de Aparecida de Goiânia para esconder objetos Goiás — Foto: Reprodução/Sinsep

De acordo com o Sinsep, na noite de terça-feira foram encontrados buracos nas celas que eram usados pelos detentos para esconder celulares, por exemplo. Os agentes informaram ainda que acharam várias facas escondidas pelas celas.

O órgão contou ainda que os agentes foram rendidos enquanto levavam detentos que trabalham na lanchonete do local de volta para dentro das celas.


Facas apreendidas na CPP de Aparecida de Goiânia — Foto: Reprodução/Sinsep

A Polícia Civil informou que o Grupo de Investigação de Homicídios de Aparecida de Goiânia está apurando a morte do detento. De acordo com eles, momentos após ser registrada a fuga a Polícia Militar começou as buscas na região pelos foragidos quando viu um grupo de cinco pessoas.

De acordo com o registro policial, ao verem os PMs eles entraram em uma mata e começaram a atirar contra a equipe da PM, que baleou um deles, que acabou morrendo. Outro foi recapturado. O homem que morreu ainda não foi identificado.


Confira lista completa dos 24 fugitivos, segundo DGAP:

  • Zeridan Matias Dos Santos
  • Igor Felipe do Carmo
  • Alessandro do Santos Pereira Da Silva
  • Adagilson Fernandes Rocha
  • Katison Marcio Barbosa de Souza
  • Wilson de Oliveira Gomes Junior
  • Elionai Rodrigues da Silva
  • Matheus Januário Barbosa Santos
  • Murilo Souza de Alcantra
  • Anderson Henrique Ribeiro da Silva
  • Daniel Nascimento Cardoso Filho
  • Dhiony Blaitiner dos Santos
  • Diego de Faria
  • Gabriel Sebastiao Garcia de Souza
  • Mayro de Franca da Silva
  • Pablo Stennio Menezes da Cruz
  • Vinicius Henrique de Mattos Vargas
  • Ailton Pereira da Conceicao
  • Guilherme Aguiar da Silva
  • Maximiano Capurro
  • Paulo Enriki Pantoja Dos Passos
  • Jaderson Lima de Sousa/ Douglas Alves dos Santos
  • Lucas Fernando Cardoso dos Santos Dias
  • Thaygo Henrique Alves Santana

Fonte: G1

Mais artigos...

vetenuo

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto  safestore1  smartseg 
universidadedotransito acervo        kennya6      alexandrejose    codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web