jornalista1

SP: Defensoria diz que vacinação em presos está lenta e pede prioridade

Defensoria de SP pede prioridade na vacinação de presos A Defensoria Pública de SP protocolou hoje uma ação civil pública pedindo que a população carcerária do estado seja vacinada contra a covid-19 com prioridade, como estabelece o PNI (Plano de Nacional de Imunização).

Na ação proposta, o NESC (Núcleo Especializado de Situação Carcerária) da Defensoria Pública argumenta que o ritmo da imunização nos locais prisionais está muito devagar.

Além disso, diz que o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19 classifica que as pessoas presas enfrentam uma elevada vulnerabilidade social e, por isso, devem ser imunizadas antes da população jovem e sem comorbidades que não está encarcerada.

A ação é assinada por 24 defensores públicos que compõem o NESC. Eles ressaltam que nos presídios paulistas 74 pessoas morreram em decorrência das complicações causadas pelo novo coronavírus.

"Em razão da extrema gravidade da situação de saúde da população prisional, inclusive com mortes ocasionadas pela ausência de vacinação em conformidade com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra covid-19", além do pedido da vacinação prioritária, a defensoria pleiteia o pagamento de danos morais coletivos no valor de R$ 5 milhões, a serem destinados ao FID (Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos).

 Fonte: https://noticias.uol.com.br/

Comentar

vetenuo

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                  Saiba os benefícios de usar o LinkedIn para a sua vida profissional - IFS -  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe 

blogimpakto  acervo    csp   jornalismoinvestigativo   fundobrasil   Monitor da Violência – NEV USP   Capa do livro: Prova e o Ônus da Prova - No Direito Processual Constitucional Civil, no Direito do Consumidor, na Responsabilidade Médica, no Direito Empresarial e Direitos Reflexos, com apoio da Análise Econômica do Direito (AED) - 3ª Edição - Revista, Atualizada e Ampliada, João Carlos Adalberto Zolandeck   tpnews

procurados

Desenvolvido por: ClauBarros Web