WhatsApp Image 2021 12 08 at 13.52.38

Agente público da SEAP-RJ estorna PIX originário de propina para o “Faraó do Bitcoins”

https://portaltpnews.com/wp-content/uploads/2021/10/O-GATO-DESCOMENDO-DINHEIRO-1.jpg Rio – Fontes ligada a defesa de Glaidson, denunciou que nos últimos dias, que antecederam a transferência do ilustre preso para Bangu I, um servidor teria estornado uma quantia recebida, via PIX, supostamente, fruto de propina devolvida para uma conta ligada ao “Faraó dos Bitcoins.

A corrupção as voltas com clássicos da literatura brasileira na SEAP-RJ, tem sido uma constante, neste ínicio de outubro, estivemos as voltas com a obra literária do autor de um grande clássico da literatura infantil, Alberto Filho, e a fábula “A Galinha dos Ovos de Ouro”., onde um casal de ambiciosos mata a galinha dos ovos de ouro, em nome da ganância e ambição.

Embora nem sempre seja fácil de perceber, o valor de todas as coisas é sempre relativo, pois o paradoxo da cobiça e ambição é que quanto mais se acumula, menos seu portador acha que possui. E assim se desenha a prática de servidores corruptos da SEAP-RJ, ora bolas, desta vez, saindo de um escândalo para entrar em outro, estes personagens desta grande secretaria, viajaram por outra obra literária, afinal um certo servidor protegido da Central do Brasil, que teria sido até mesmo indicado para ser o prefeito de Gericinó, tem batido ponto no PIX do “Faraó dos Bitcoins”, atuando como serviçal ou assessor especial do preso, chegando inclusive a receber antecipadamente valores relativamente altos, para garantir-lhe bons préstimos durante a sua estadia no cárcere fluminense. Entretanto, com transferência do hospede ilustre para Bangu I, o serviçal de matrícula, estornou o PIX recebido, já que não poderia concluir o serviço contratado. Realmente, a criatividade dos corruptos desta pasta, surpreende até mesmo o nosso ilustre mestre da Literatura Brasileira, Ariano Suassuna, que viu plagiada, trechos de sua obra “O Alto da Compadecida”, em que João Grilo entra em uma fria ao vender para os patrões um gato que descomia (cagava) dinheiro. O certo é que alguém temendo ser pego ou denunciado, resolveu devolver a propina usando a tecnologia disponibilizada pelas instituições financeiras (PIX).

Parece mais um conto da literatura brasileira, mas, desta vez é vida real, acho até que da para escrever um livro…

Fonte: https://portaltpnews.com

Comentar

vetenuo

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                  Saiba os benefícios de usar o LinkedIn para a sua vida profissional - IFS -  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe 

blogimpakto  acervo       jornalismoinvestigativoTVSENADO   fundobrasil   Monitor da Violência – NEV USP   Capa do livro: Prova e o Ônus da Prova - No Direito Processual Constitucional Civil, no Direito do Consumidor, na Responsabilidade Médica, no Direito Empresarial e Direitos Reflexos, com apoio da Análise Econômica do Direito (AED) - 3ª Edição - Revista, Atualizada e Ampliada, João Carlos Adalberto Zolandeck   tpnews   naofoiacidente

procurados

Desenvolvido por: ClauBarros Web