juarezjornalista

Assembleia confirma que carro apreendido com R$ 500 mil é locado para atender deputados

Polícia Federal abriu procedimento para investigar crime eleitoral. Dinheiro estava com Luís Olinto Rotoli; ele disse que a quantia pertence à avó e seria usada para comprar gado.

cf0410A Assembleia Legislativa confirmou nesta terça-feira (2) que o carro apreendido pela Polícia Civil, onde foram encontrados R$ 500 mil dentro de uma mala, realmente é locado pela casa de leis. Durante o flagrante, o veículo foi encontrado com Luís Olinto Rotoli Garcia de Oliveira, irmão do deputado estadual Olynto Neto (PSDB). A Polícia Federal informou que abriu procedimento para apurar possível crime eleitoral.

O G1 questionou o deputado porque o veículo locado pela assembleia para uso funcional dele estava com o irmão. Porém, a assessoria disse apenas que irmão dele é advogado e exerce atividades independentes da campanha de Olyntho Neto. (Veja abaixo a nota na íntegra)

A prisão foi realizada pela Polícia Civil nesta segunda-feira (1º). O delegado regional de Araguaína, Bruno Boaventura, informou que a polícia recebeu denúncia de extorsão e por isso foi a um banco da cidade. A equipe acompanhou o veículo por cerca de três quarteirões até que os policiais fizeram a abordagem. Luís Olinto disse à Polícia Civil que o dinheiro era da avó dele.

Segundo a Assembleia, o carro é exclusiva responsabilidade dos condutores. O veículo estaria cedido ao gabinete do deputado. "O contrato destina-se a atender às necessidades administrativas deste Poder, bem como às atividades parlamentares. A utilização desses veículos é de inteira responsabilidade dos condutores", afirmou em nota.

A Assembleia Legislativa também informou que o sargento da policial militar Edilson Ferreira, que estava no veículo, é servidor da Assessoria Militar da Polícia Militar na casa de leis. "Os policiais militares que prestam serviços de segurança institucional à Assembleia são lotados no órgão de apoio subordinado à Polícia Militar, responsável pelo controle do efetivo."

A Polícia Militar informou em nota que aguarda notificação oficial para abrir procedimento administrativo, a fim de apurar as circunstâncias e envolvidos.

Luis Olinto foi preso com mala de dinheiro em Araguaína.

Um homem foi detido pela na tarde desta segunda-feira (1º) com uma mala de dinheiro. Ele foi indentificado como Luís Olinto Rotoli Garcia de Oliveira, irmão do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB). A PF informou que havia R$ 500 mil em dinheiro dentro da mala.

Em um vídeo gravado durante o depoimento à Polícia Civil, Luís Olinto afirma que o dinheiro pertence a avó dele. "Estava na conta da minha vó. Minha vó recebeu, inclusive de herança, meu avô faleceu. Tem os comprovantes todos aqui. Eu iria comprar gado. Eu tinha os intermediários, que são os compradores de gado, mas não sei falar quem são", disse ele.

A prisão foi realizada pela Polícia Civil. O delegado Bruno Boaventura informou que uma equipe da cidade recebeu denúncia de extorsão e por isso foi ao banco. A equipe fez um acompanhamento tático do veículo por cerca de três quarteirões até que os policiais fizeram a abordagem.

Dentro estavam Luís Olinto e o sargento da PM. A Polícia Civil percebeu indícios de crime eleitoral e por isso encaminhou o caso para a Polícia Federal. Eles foram ouvidos pelo delegado Tarcísio Júnior na sede da PF e depois liberados para responder em liberdade.

Nota na íntegra: O deputado Estadual e candidato à reeleição Olyntho, está neste momento cumprindo intensa agenda de campanha no interior do Estado. O deputado esclarece que o Sr. Luiz, é empresário, advogado e que todas as atividades que exerce são independentes e têm origem lícita, e não possuem vínculo algum com a campanha eleitoral. Qualquer fato referente ao irmão do deputado será esclarecido pelo mesmo.

Fonte: G1

Comentar

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    ricardo    EAD  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web