juarezjornalista

Professora é surpreendida ao tentar entrar com celular escondido na calcinha na Penitenciária de Lucélia

Celulares estavam escondidos dentro da calcinha e bolsa da mulher

n0205Na manhã de ontem, 25, uma professora da rede estadual de ensino foi flagrada ao tentar entrar com dois microcelulares na Penitenciária de Lucélia.
 
Um dos objetos estava escondido na calcinha da mulher e o outro em uma bolsa.
 
Durante procedimento de revista dos servidores, segundo a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP), uma professora vinculada a uma escola estadual, que presta trabalho educacional aos detentos da unidade, foi submetida a revista por scanner corporal, onde foi identificado um objeto estranho em seu corpo.
 
A profissional da educação assumiu estar com um objeto ilícito. Em um local apropriado e com a presença de uma agente da unidade prisional, a mulher retirou o invólucro de dentro de sua calcinha, onde foi constatado um microcelular. Ela disse que havia recebido o objeto no último sábado, 21, na Rodoviária de Lucélia e que o entregaria a dois presos, ambos alunos matriculados no ensino médio, de acordo a SAP.
 
A direção da penitenciária comunicou a Polícia Militar, que foi até o local e realizou a vistoria no veículo em que a professora chegou à unidade. O veículo era de outra profissional da educação, que deu carona à ela que foi flagrada com o aparelho. Segundo a SAP, nada de irregular foi encontrado no automóvel, porém na bolsa da professora flagrada no scanner foi encontrado outro microcelular.
 
A Polícia Militar levou a mulher, junto com dois agentes da unidade prisional, até sua casa e realizou buscas. Ela foi encaminhada para a delegacia de Polícia Civil da cidade.
 
De acordo com a SAP, os presos que receberiam o microcelular foram encaminhados, previamente ao pavilhão disciplinar e responderão procedimento de apuração preliminar. A unidade também instaurou procedimento de apuração preliminar para averiguar possível envolvimento funcional no fato ocorrido.
 
Fonte: ailtomribeiro

Comentar

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web