jornalista1

Promotor do MP-RJ é denunciado por tentativa de suborno de desembargador para 'compra de decisão'

Caso aconteceu no final de março Está nas mãos do presidente do TJ do Rio, desembargador Cláudio de Mello Tavares, denúncia feita contra o promotor de Justiça Horácio Fonseca, do MP do Rio. Consta que ele teria tentado subornar o desembargador Marcos André Chut, do TJ do Rio, responsável pelo Plantão do Judiciário no dia 30 de março, com a finalidade de "comprar uma decisão".
Na denúncia, consta que Horário procurou o desembargador no dia 29 de março com certa urgência. Ele teria afirmado ao magistrado que "uma pessoa se encontrava presa e disse que ela só dispunha de cento e noventa mil reais para resolver o problema". No relato que chegou ao presidente do TJ do Rio, Horácio teria confirmado ao desembargador que se tratava de propina e que sua proposta teria sido rejeitada.
O caso foi passado ao chefe do MP do Rio, o procurador-geral de Justiça Eduardo Gussem, e encaminhado em seguida para o TJ. Foi aberto investigação para tratar da denúncia. Caso seja levado à julgamento, Horário terá sua conduta avaliada pelo Órgão Especial do TJ do Rio.

Fonte: OGLOBO.GLOBO.COM

 

Comentar

vetenuo

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                   

www.impactocarcerario.com.brblogimpakto  acervo         jornalismoinvestigativo   procurados

Desenvolvido por: ClauBarros Web