WhatsApp Image 2021 12 08 at 13.52.38

‘Homem aranha’ do crime escala presídio para arremessar materiais em Salvador

https://www.bahiareconcavo.com.br/site/wp-content/uploads/Salvador-noticia-homem-aranha-do-crime-em-Salvador-1024x823-1.jpg Um homem foi filmado ao escalar o alambrado que contorna Presídio de Salvador, que fica no Complexo Penitenciário da Mata Escura, no bairro de mesmo nome. A situação aconteceu na madrugada desta quarta-feira (9), quando ele arremessou materiais para dentro do presídio.

A ação foi registrada por volta das 2h30, por servidores penitenciários que trabalhavam no momento do crime. Na gravação, o homem arremessa vários pacotes, até que percebe que está sendo filmado. Depois disso, ele desce do alambrado e foge a pé.

O homem ainda não foi identificado, nem o material que foi arremessado por ele. Para chegar na estrutura da Cadeia Pública, ele passou por uma área de matagal e foi procurado, mas não foi localizado.

Entrar com material ilícito nos presídios é crime. Conforme a Lei de Drogas, a pessoa que tenta entrar com entorpecentes em estabelecimento prisional pode ser condenada de 5 a 15 anos de reclusão, com aumento de um sexto a dois terços de pena. No caso de aparelho celular, a pena é de três meses a um ano de detenção, como estabelece o Código Penal Brasileiro.

1

Fonte: https://www.bahiareconcavo.com.br/site/homem-aranha-do-crime-escala-presidio-para-arremessar-materiais-em-salvador-veja-video/

Comentar

vetenuo

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                  Saiba os benefícios de usar o LinkedIn para a sua vida profissional - IFS -  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe 

blogimpakto  acervo       jornalismoinvestigativo   blinsul   mma1 2   TVSENADO   Monitor da Violência – NEV USP   Capa do livro: Prova e o Ônus da Prova - No Direito Processual Constitucional Civil, no Direito do Consumidor, na Responsabilidade Médica, no Direito Empresarial e Direitos Reflexos, com apoio da Análise Econômica do Direito (AED) - 3ª Edição - Revista, Atualizada e Ampliada, João Carlos Adalberto Zolandeck      

procurados

Desenvolvido por: ClauBarros Web