juarezjornalista

Oito detentos fogem da Penitenciária Nelson Hungria

Segundo os agentes penitenciários, foi descoberto um buraco na parede em uma das celas, durante vistoria, antes do horário de visita deste sábado (27)

 

Pedro Ferreira

pc3001Pelo menos oito presos de alta periculosidade fugiram da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Segundo os agentes penitenciários, foi descoberto um buraco na parede em uma das celas, durante vistoria, antes do horário de visita, na manhã deste sábado (27).

Dentre os fugitivos está o traficante Felipe Souza da Cruz, conhecido por Jiraya por usar uma espada para torturar os seus algozes e adquirir drogas diretamente com a organização criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC).

De acordo com o vice-presidente da Associação Mineira dos Agentes e Servidores Prisionais (AMASP), Luiz Gelada, a fuga no horário de visitas, na parte da manhã, quando as visitas aos detentos já estavam no pátio e os eles não apareceram.

Os agentes foram verificar qual era o problema e descobriram um buraco na parede. As visitas foram suspensas e o grupo de intervenção rápida do Sistema Prisional foi acionado para ajudar na vistoria das celas e na procura dos presos.

Segundo ele, as fugas estariam acontecendo há dois dias, pelo buraco que fica no Anexo 3, próximo à muralha. “Todos os presos terão que ser levados para o pátio para ser feita a contagem, mas não há efetivo de agentes suficientes para isso”, afirmou Gelada.

A Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), confirma que a fuga foi descoberta por volta das 10h, por agentes de segurança penitenciários. “O Secretário de estado de administração prisional, Francisco Kupidlowski, determinou uma apuração rígida relativa as circunstâncias do fato.

Uma equipe da Seap está no local realizando nova contagem dos presos e apurando mais informações sobre a fuga”, informou a SEAP, por meio de nota. “Um procedimento interno será instaurado para apurar as circunstâncias e responsabilidades pelo ocorrido. As investigações criminais ficam a cargo da Polícia Civil”, completa a nota.

Os fugitivos são: Felipe Souza da Cruz, conhecido como Jiraya, Flávio Augusto Fialho da Silva Coelho, Bruno Gustavo Gomes da Paixão, José Fábio Félix Barbosa, Adriano Ferreira de Souza, Cristiano Medeiros Graciano, Fábio Fernandes da Silva e Weverton Araújo da Silva.
 
Fonte: o tempo

Comentar

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web