jornalista1

O FIM ESTÁ PROXIMO

O fim da aposentadoria digna, de todos os trabalhadores do baixo clero brasileiro está chegando. Está  tão próximo  que, ao contrario do fim dos tempos apocalíptico, nossa honrosa e cara de pau, a Câmara Federal da Republica do Brasi,l já tem data e hora para declarar o fim do nosso direito fundamental.

 

o fim está próximo Ao ler a chamada, você deve estar se perguntando, porque haveria uma matéria religiosa nesse site¿

Se não conhecesse o conteúdo, eu mesmo me faria essa pergunta.

Ocorre que pra surpresa de todos os leitores, é realmente um artigo de cunho religioso, isso porque o assunto que me faz escrever mexe com a esperança de todos nós brasileiros, e em especial com os servidores públicos. Trata-se do fim da esperança de uma aposentadoria digna, após árdua  e longa carreira na vida profissional. Estamos sendo agora alijados de um direito fundamental que foi conquistado a duras penas, e furtivamente o Estado Brasileiro nos rouba, com a brilhante desculpa, de que se não nos tirarem esse direito fundamental, deverão nos tirar todos os outros que nos restam, começando pelos nossos salários.

O fim está próximo mesmo, próximo para mim, para voce e para todos aqueles que honestamente labutam neste país das bananas.

O fim está próximo somente para os que trabalham, e não para o “ex”, ex governadores, ex senadores, ex dilapidadores do patrimônio público, ex que estão envolvidos até o pescoço nos maiores escândalos desse país, ex-lavajatos, ex-mensalões, ex-anões, ex-satiagarros, ex-mensalinhos, vocês lembram quem são¿ Sim!! Alguns poucos bodes expiatórioss estão nas cadeias, mas a grande maioria ainda está no CONGRESSO NACIONAL votando a reforma da previdência e acabando com os sonhos acumulados após 35 anos de trabalho de vários colegas, que agora cansados e doentes vêem suas esperanças serem despedaçadas.

O fim está próximo para o baixo clero, mas não está para as esposas, filhas, netas, e bisnetas dos “ex”, ex-presidentes, ex-governadores, ex-generais, ex-coroneis, ex-capitães, porque essas, mesmo sem ter servido ao país um só dia de suas vidas são amparadas por gordas pensões que o voraz Estado Brasileiro lhes paga.

O fim está próximo para nós que por vezes não conseguimos pagar as centenas de boletos que vencem no final do mês, mas não está próximo para a nobreza brasileira, os Senhores Feudais que ocupam as cadeiras dos Tribunais de Contas, Judiciário, Ministério público, Alto Oficialato das Forças Armadas, Assembléias Legislativas, Câmara Federal e Senado Federal, porque esses tem regimento próprio, e não se confundem com os reles mortais.

Como Brasileiro, trabalhador, servidor publico, pai de família e homem, quero expressar a minha revolta, que deve ser a de todos os brasileiros, porque enquanto há mais de 25 anos eu levanto todas as manhãs para trabalhar, servir ao meu Estado, ao meu Pais, e a sociedade, no meio do caminho as regras são mudadas, já pela segunda vez, porque em 2003 eu já estava no mercado de trabalho, e agora novamente nossas esperanças são tiradas.

Eu expresso a minha revolta, porque a propaganda institucional do governo fala que um trabalhador que contribuir por 40 anos terá 110% de rendimentos, mas não explica que é 110% de uma média absurda de todos os rendimentos desde 1994.

A revolta é de alguém que desde 0 ano de 2015 não tem reposição inflacionária, mas vê os seus rendimentos serem consumidos todos os dias pela inflação e pela voracidade fiscal da nossa pátria amada Brasil.

A minha revolta é a de um simples brasileiro cujo maior sonho é criar seus filhos com dignidade e velos crescer com orgulho de ser o que são, mas o que eu vejo é um futuro cada vez mais nefasto, e nebuloso, onde em breve seremos um exercito de idosos mal remunerados e mal alimentados.

Parece sensacionalista, mas é a verdade sobre o futuro que se acerca.

Prezados vamos parar e ver os fatos com um olhar crítico, e não servil, porque ninguém mais poderá erguer a voz após a promulgação da dita Nova Desprevidencia. 

 

Fonte: impaktopenitenciario

Comentar

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto     safestore1      CONTASABERTAS  universidadedotransito   acervo        kennya6      alexandrejose    codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web