JORNALISTAMINI

Égide: Preso da PEF II é acusado de chefiar quadrilha de dentro da cadeia

As ordens eram dadas pelo preso com uso de celulares, que foram apreendidos na manhã desta sexta    

pc2611Oito pessoas foram presas pela Polícia Federal, na manhã desta sexta-feira (23), durante a Operação Égide, de combate ao tráfico de drogas na região Oeste do Paraná.

De acordo com o delegado Marco Smith, a quadrilha era comandada por um detento da PEF II (Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu). As ordens eram dadas pelo preso com uso de celulares, que foram apreendidos na manhã desta sexta.

Além de Foz do Iguaçu, a Polícia Federal ainda cumpriu mandados de prisão contra dois detentos da PEC (Penitenciária Estadual de Cascavel).

Também foram cumpridos mandados em Londrina, Nova Aurora e Ubiratã, cidade apontada como base da quadrilha.

No decorrer dos quatro meses de investigações, a PF apreendeu quantidades de armas e drogas, além de elucidar um homicídio e um latrocínio, ambos cometidos em Ubiratã.

Conforme o delegado, não surpreende o fato de um detento comandar a quadrilha de dentro da cadeia, mas sim a ineficácia do sistema prisional, que não foi capaz de cortar a relação entre o preso e o restante do bando.

O que também chamou a atenção da Polícia Federal foi a prisão de uma mulher, acusada de aliciar a filha de 13 anos à prostituição.

Segundo a Polícia Federal, a mãe "agenciava" os programas da filha em Ubiratã, Nova Aurora e Cascavel. A adolescente foi encaminhada ao Conselho Tutelar. 

Fonte: catve

Comentar

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto.        sicride      CONTASABERTAS       horasc    acervo        kennya6    IMG 20170821 WA0024  codigoeticajor    jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web